CIDADES DOENTES: Saiba por que a dengue é um sinal

A dengue é uma doença de ambientes em desequilíbrio.

A diversidade é mais resiliente, mostra o gráfico da Apostila do Educador Agroflorestal, Arboreto
A diversidade é mais resiliente, mostra o gráfico da Apostila do Educador Agroflorestal, Arboreto

Os melhores agentes de saúde sabem que o perigo está mais em caixas d’água e locais artificiais, onde a água se acumula, do que nas águas de lagos e poças que ficam em meio a ambientes naturais. E por que?

É que nos ambientes naturais há mais biodiversidade: mosquitos de outras espécies, insetos, lagartos, sapos, libélulas, peixes e toda sorte de predadores que fazem um controle natural da população de Aedes aegypti.

Na permacultura, levamos para a agricultura e para o planejamento dos assentamentos humanos (e das cidades) esse princípio da natureza e trabalhamos para criar ambientes equilibrados.

Equilíbrio e dengue

Como diz Bill Mollison, cocriador da permacultura, “O problema não é o excesso de lesmas, mas a ausência de patos.” A gente adaptou a fala do nosso querido mentor e ficou mais ou menos assim: “O problema não é o excesso de mosquitos, mas a ausência de aranhas, lagartixas, passarinhos e outros mosquitinhos competidores.” Entendeu?

Curso Online
Aprenda permacultura online

Pratique permacultura e aprenda também os princípios que podem nos ajudar a “desenhar” uma sociedade mais inteligente, sustentável e energeticamente eficiente. Caso se interesse em saber mais, cadastre-se para receber o nosso Guia.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *