Formigas cortadeiras e urina humana

“A verdade fundamental da agricultura natural é que nada precisa ser feito para desenvolver plantações.”

Permacultura e Agricultura Natural Selvagem

O excerto de Fukuoka faz-me lembrar de Bill Mollison, criador da permacultura, que fala em “mínimas intervenções para máximos efeitos”.

Aqui em casa, foi mais rápido do que eu pensava que entendi essa e outras máximas.

 

Formigas cortadeiras

Coletando nossa própria urina e inoculando-a nos olheiros de formigueiros, num trabalho diário e gradual, afastamos as FORMIGAS CORTADEIRAS. Amônia e também o óleo de rícino fermentado junto com o xixi são venenos naturais e passam a mensagem para a natureza “humanos na área cobrindo o solo. Local em reconstrução. Vão trabalhar em outro lugar.”

E o que é o óleo de rícino? É a semente ou a folha da mamona macerada e curtida na água. O mais poderoso veneno, segundo um Almanaque do meu filho.

formigas cortadeiras
O uso de cobertura do solo também diminui o número de formigueiros.

Outra técnica são os preparados fermentados como biofertilizantes, chorumes, EM’s (microrganismos eficientes) que ajudam a inocular minúsculos seres decompositores/as para dentro do solo e cultivar a diversidade e o equilíbrio entre as espécies.

Começaram a aparecer outros tipos de formigas e com elas coexistimos pacificamente.

Visualizando esse processo da natureza,  entendemos que ela tem seu próprio ritmo e dinâmica e que trabalhando COM ela e não CONTRA ela, podemos produzir muito mais do que o que consumimos. Sendo assim, nenhum outro ser humano/a terá de passar por faltas e privações pois haverá o suficiente para todos/as.

 

Urina humana

Um dos padrões que a natureza manifesta é o fechamento dos ciclos e o “eterno retorno” da água, dos nossos resíduos e dos átomos que compõem a vida. Como se diz, “nada se cria, tudo se transforma”.

Ciclo

O nitrogênio (amônia) que compõe seu xixi é também o mesmo que forma as cadeias de proteína de todos os seres vivos. Um dos principais componentes dos fertilizantes químicos (NPK 4-14-8 por exemplo), o nitrogênio é retirado de combustíveis fósseis e fontes minerais mas também pode ser obtido a partir dos nossos resíduos e dejetos. Ele é responsável por formar aquele líquido fétido que sai do lixo, o chorume, e quando é equilibrado com bastante carbono (folhas secas e serragem, por exemplo) é reabsorvido e incorporado ao próprio solo e composto, ao invés de escorrer pra fora do lixo.

A urina é produto dos rins, um órgão que regula o nível de sais do nosso organismo. Diferente das fezes, que podem transmitir doenças, o xixi tem um ph e condições extremas que dificultam a reprodução dos seres vivos, vermes e patógenos.  Se deixarmos o xixi descansar em um balde fechado por 2 dias, vermes e bactérias não crescem, não se reproduzem e morrem. Ele permanece estéril.

Não é a toa que diversas tribos usam o xixi para curar intoxicações, picadas e também para passar no corpo e proteger a pele.

Mas, enquanto isso, jogada diretamente nos rios, a urina causa uma reprodução das bactérias desnitrificadoras que acabam competindo pelo oxigênio com os peixes e outros seres vivos, o que pode contribuir para a eutrofização e morte das nossas águas.

Por que não fechar os ciclos e repor o xixi ao solo como fertilizante para as nossas plantas? Para que adicionar fertilizantes artificiais a base de petróleo se a natureza já fechou este ciclo de um modo tão mais perfeito?

pico do petroleo

Pico do Fósforo

Na Suíça, o uso da urina humana já está sendo permitido por lei para a agricultura de larga escala. Isso porque já se está percebendo que as fontes minerais de fósforo estão se esgotando.

Só nos restará devolver aos nossos solos exaustos as mais de 40 milhões de toneladas fósforo e também de potássio e nitrogênio que estamos descartando atualmente diretamente nos nossos rios e mares.

Um lodo que captura oxigênio do ar já está cobrindo o fundo dos mares próximo a costa de Nova Iorque e do Mediterrâneo. Enquanto isso, até 100 toneladas por ano de solo podem descer morro abaixo para assorear nossos rios e acabar de vez com a fertilidade de nossas terras sem cobertura.

Já basta, não? Fechar os ciclos seria tão mais simples, devolvendo a natureza o que geramos e cuidando localmente de nossos resíduos e dejetos.

Urina como fonte de nitrogênio. Fechamentod e ciclos.

Quem quiser saber mais sobre como controlamos formigas de forma ecológica e sem formicidas, pode entrar em contato com a gente.

Pra começar, basta clicar aqui e responder nossos e-mails.

10 Comentários


  1. Muito bom!
    Excelente texto, simples e esclarecedor! Gratidão.

    Responder

  2. Muito interessante este artigo. Já havia me perguntado se haveria alguma utilidade para a urina, uma vez que o nosso dejeto pode ser utilizado como adubo natural. O banheiro seco é estruturado para isso, no caso do dejeto, mas e com a urina? Um baldinho serve? E o odor?

    Parabéns pelas postagens. Acompanho a alguns anos e sinto não ter podido participar de alguma vivência com vocês enquanto morava em Minas. Continuem nos atualizando. Mesmo sem sem expressar há sempre alguém se inspirando no que vocês fazem.

    Permabraços a toda a linda família

    Responder

  3. Artigo interessante, vale uma pesquisa para continuar o assunto relacionando urina de animais domésticos, principalmente vacas, cabras e ovelhas, cuja captação se torna facilitada durante a ordenha.

    Responder

  4. Ouvi dizer que as formigas cortadeiras aparecem em terrenos muito compactos e que o solo pode ser corrigido com calcário, é isso mesmo?

    Responder

    1. A correção com calcário faz parte do pacote que herdamos por tratar solos tropicais como se fossem solos temperados. Lá os solos são cheios de cálcio pois a disponibilidade de minerais é maior, já que os solos temperados estao mais proximos da rocha mãe, diferente dos latossolos brasileiros e tropicais que são profundos. Justamente por serem profundos, eles tem florestas com árvores que conseguem buscar os nutrientes e disponibiliza-los na camada mais superficial. Quando se coloca calcario nos solos tropicais, se muda o padrão de transpiração das plantas, segundo Ana Primavesi. A acidez do solo tropival se dá em favor do equilibrio
      das plantas, para que elas consigam fechar seus estomatos e nao transpirem demais perdendo toda a sua água. O solo acido tropical faz nossas plantas mais resistentes ao Sol. Aqui eu estou pesquisando uma agricultura alinhada com essa ideia e acredito que em medio e longo prazo terei resultados melhores e mais ecológicos do que com a simples adição de minerais, embora deva admitir que a curto prazo com a adição de calcário as plantas crescem mais e ganham um vigor inicial, mas não sabemos se a medio e longo prazo elas continuam saudáveis e resistentes. A casca de ovo moída (pode bater no liquidificador) é uma opção adicional.

      Responder

  5. Maravilha esse post sobre o ciclo da urina. Tenho usado a minha no controle do pulgão da couve, de bônus estão produzindo folhas maiores e mais macias. Deixo apenas 7 dias de descanso para colher.

    Responder

  6. Com certeza passarei a aproveitar em minha horta esse recurso natural que produzo tanto… Obrigada pelos ensinamentos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *