tecnologias sociais

Águas, inovação, design, vivência

Águas, inovação, design, vivência

Permacultura, águas, design, inovação slow tech. De forma geral aqui no LARboratório, em esquema de voluntariado, é possível estudar, manejar e praticar tecnologias e princípios da permacultura. Por exemplo, uma das técnicas que estamos estudando aqui em casa são as “camas drenantes” (do inglês “wicking beds”). Funcionam como canteiros suspensos apropriados para áreas áridas aonde é possível cultivar plantas que necessitam um pouco mais de umidade e otimizar as regas, diminuindo o gasto de água com irrigação. Nos posts deste blog sobre “canteiros autoirrigáveis” é Continue lendo

Não regue suas plantas: a tecnologia da autoirrigação

Não regue suas plantas: a tecnologia da autoirrigação

Tecnologias simples, liberdade, design. Isso é permacultura. Depois do PET Tubete (nós chamamos assim, mas tem outros nomes por aí), nossas experiências com a “autoirrigação” seguiram por caminhos tortuosos, experimentando a lei da capilaridade. Fazer permacultura é também FAZER CIÊNCIA NA VIDA COTIDIANA, buscando soluções práticas, baseadas na observação da natureza, que possibilitem a criação de sistemas integrados e automáticos (e sustentáveis). A capilaridade é a tendência que á água tem de fluir até mesmo contra a força da gravidade quando conduzida por vasos ou Continue lendo