Energias renováveis

energia solar, fogões ecoeficientes, biomassa

Transforme sua casa em sua fonte de alimento

Transforme sua casa em sua fonte de alimento

Vamos mergulhar no Universo do Designers Manual, livro de referência para projetar ambientes autossustentáveis que produzem o próprio alimento, água e energia por meio dos princípios sistêmicos e que levam a criação de ambientes energeticamente permanentes. Quando ocorrem desequilíbrios entre o “dar e o receber” por exemplo, gera-se desperdício e poluição. Quando, entretanto, transformamos em recurso o que seria jogado fora geramos autossuficiência. Quando optamos pela diversidade que fortalece os ambientes ao invés de monoculturas que geram desequilíbrios estamos também no caminho. Cultivar a vida Continue lendo

O Futuro da Energia: Autor da própria sobrevivência

O Futuro da Energia: Autor da própria sobrevivência

Certa vez eu quase morri asfixiado por causa de um fogão a lenha… Esse fato me fez repensar minha vida e hoje sou um especialista em fogões ecoeficientes. Estava eu na companhia de colegas permacultores fazendo um teste de um fogão caipira que a gente tinha feito em uma das nossas obras, um bangalô em Moeda-MG. Bangalô do Amor: Foi aqui que eu quase morri Assim que terminamos nossa refeição noturna, apagamos o fogo sem tirar o braseiro e fomos dormir normalmente no mezanino. Enquanto Continue lendo

O mito do barbeiro já era: aprenda bioconstrução

O mito do barbeiro já era: aprenda bioconstrução

Um dos maiores mitos da bioconstrução, derivado de uma política de desvalorização das antigas casas de pau-a-pique, é o mito do barbeiro. De fato, qualquer casa que contenha buracos e frestas, pode oferecer espaço para insetos se alojarem. Entretanto, esse não é mais o caso das modernas casas da arquitetura vernacular, ou arquitetura de terra crua. Um bom reboco natural e acabamento orgânico garante beleza, conforto térmico e saúde a esse tipo de casa, que, por se utilizarem de matérias-primas naturais e locais, não contem COV’s Continue lendo

Vivendo com baixa tensão (12 volts)

Vivendo com baixa tensão (12 volts)

“Quanto menor a necessidade, maior a liberdade.” (E. Hiroshi) Tudo começou porque o lugar era bonito e “virgem”. Sair colocando coisas humanas e barulhentas – postes, fios, luzes- não combinava muito bem. E além do mais requisitar energia elétrica em áreas rurais é um processo que leva anos. E lá fomos nós, uma família de 4 pessoas, para nosso espaço dos sonhos, sítio e campo de experimentos em permacultura ou, como preferimos chamar, nosso LARboratório. O propósito de criar um Jardim do Éden parecia combinar Continue lendo